Podcast: o fim de Roe vs. Wade e os impactos da queda do direito ao aborto nos EUA

Estupro em SC: Investigação aponta que ato sexual envolveu 2 crianças, inimputáveis
junho 23, 2022
Saiba o que é verdadeiro ou falso no manual antiaborto do Ministério da Saúde
junho 28, 2022

Em vitória conservadora, Suprema Corte americana decide que interrupção da gravidez não é garantia constitucional

Por Folha de S. Paulo

A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu na sexta-feira (24) que o aborto não é mais um direito constitucional no país. A sentença reverte um precedente estabelecido há 49 anos, quando o tribunal julgou o caso Roe vs. Wade e determinou que governos não poderiam infringir o direito à privacidade das mulheres ao proibir a interrupção da gravidez.

Agora, a corte, formada por maioria conservadora, mudou o entendimento. Com isso, estados controlados pelo partido Republicano devem proibir ou limitar o procedimento —alguns deles já aprovaram leis nesse sentido, restringindo o aborto mesmo em casos de estupro, por exemplo.

No episódio desta segunda (27), o Café da Manhã conversa com Gabriela Rondon, pesquisadora e advogada do Instituto Anis de Bioética, sobre a influência de Roe vs. Wade nos EUA e no mundo, qual caminho o país percorreu até que a histórica decisão fosse derrubada e os impactos disso para as americanas.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando acima. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia. O episódio é apresentado pelos jornalistas Maurício Meireles e Daniel Castro. O roteiro foi escrito com Angela Boldrini e Jéssica Maes. A produção é de Jéssica Maes e Victor Lacombe. A edição de som é de Laila Mouallem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *