a Anis é uma organização feminista,
não-governamental e sem fins lucrativos

Fundada em 1999, Anis é a primeira organização não-governamental, sem fins lucrativos, voltada para a pesquisa, assessoramento e capacitação em bioética na América Latina. Com sede em Brasília, a Anis desenvolve suas atividades com uma equipe multidisciplinar de profissionais com larga experiência em pesquisa social, incidência política, litígio estratégico e projetos de comunicação sobre violações e defesa de direitos, em campos como direitos sexuais, direitos reprodutivos, deficiência, saúde mental, violências e sistemas penal e socioeducativo.

saiba mais

Projetos

Por nossas atividades de pesquisa social, buscamos nos aproximar de temas sensíveis e produzir dados confiáveis sobre violações de direitos humanos.
Confira!

Documentários

Por meio de documentários, chamamos atenção para violações de direitos humanos esquecidas, e damos nomes e rostos a demandas urgentes.
Assista!

Doe para a Anis

A Anis foi a primeira organização a realizar pesquisas na área de bioética com uma matriz de direitos humanos na América Latina. Nos orgulhamos de todos os projetos já desenvolvidos e temos muito ainda a fazer.
Contribua!

vozes da igualdade

Acompanhe e participe do falatório

falatório no Facebook
falatório no Youtube

Últimas notícias

Um ano após audiência sobre aborto no STF: a necessária independência do judiciário

O obscurantismo político não pode dominar a Corte, nem [...]

O patriarcado da conquista e as mulheres indígenas

Presidente Bolsonaro resgatou a matéria do esconderijo das latrinas [...]

Como a desinformação do YouTube desvendou enigma do WhatsApp no Brasil

Amanda Taub e Max Fisher Publicado originalmente no The [...]

Como o YouTube radicalizou o Brasil

Max Fisher e Amanda Taub Publicado originalmente no The New [...]

“Eu sei que a mataram”, diz pai de adolescente morta por abortamento inseguro em Santarém (PA)

Publicado originalmente no Portal Catarinas Em três de agosto, quando [...]

O patriarca Moro “justificou a violência como um gesto de resposta às mulheres”

Em sua nova coluna, a antropóloga Debora Diniz analisa [...]

Mulheres apontam ‘sequência de erros’ na fala de Moro sobre violência doméstica

Ministro da Justiça afirmou, no aniversário da Lei Maria [...]

Um ano após debate público, projetos tentam dificultar aborto no Brasil

Ação no STF pedindo descriminalização da prática até a [...]

veja mais