Publicado originalmente no NowThis

A ativista e membro da Anis Iasmim Baima Reis conversou com o site de mídia americano NowThis sobre mobilização feminista e descriminalização do aborto no Brasil. Iasmim luta para alterar as rígidas leis de aborto no país, onde 500 mil mulheres fazem aborto por ano: 1 mulher por minuto. Quando não se encaixam nas três exceções (estupro, risco de morte ou anencefalia) para realizar o procedimento de forma legal e segura, meninas e mulheres são ameaçadas de prisão ou risco de morte em procedimentos clandestinos. Confira: