Estudo revela o drama das presas grávidas no Brasil: “depois do parto, eles me algemaram”

set 11, 2017 @ 11:57|artigo, imprensa, notícia|

por Hysabella Conrado Publicado originalmente no Justificando “Depois do parto, eles me algemaram”*. O uso de algemas em mulheres durante o trabalho de parto é uma situação comum experienciada pelas grávidas nos presídios brasileiros. Com a aprovação da Lei 13.434/2017, que veda o uso de algemas pelas detentas no período que antecede o parto, durante o mesmo [...]

Mulher, negra e escravizada: Esperança Garcia, a primeira advogada do Piauí

ago 8, 2017 @ 14:08|artigo, imprensa, notícia|

por Sinara Gumieri Publicado originalmente no Portal Justificando Em 06 de setembro de 1770, uma carta foi enviada ao Governador da Capitania de São José do Piauí, Gonçalo Lourenço Botelho de Castro. A carta denunciava violências e demandava justiça. Um tipo de texto que, no dicionário da boa advocacia, poderia ser sinônimo de petição. 247 anos [...]

Criminalização do aborto é misógina, racista e classista

maio 11, 2017 @ 14:30|artigo, imprensa, notícia|

por Sinara Gumieri Publicado originalmente no Portal Justificando Há dois meses, chegou ao Supremo Tribunal Federal a primeira ação com um pedido de descriminalização do aborto até a 12ª semana de gestação. A ADPF 442 foi apresentada pelo partido político PSOL, em parceria com a Anis – Instituto de Bioética, com uma afirmação: a criminalização do [...]

Rafael Braga é símbolo da máquina racista que é o sistema penal

abr 27, 2017 @ 12:44|artigo, imprensa, notícia|

por Sinara Gumieri Publicado originalmente no Portal Justificando Em 2013, milhares de pessoas foram às ruas em protesto no Brasil. Muitas eram militantes experientes, mas a surpresa estava na multidão que bradava publicamente pela primeira vez. Questionaram o preço de passagens de transportes coletivos, a má qualidade de serviços públicos, os enormes investimentos em megaeventos esportivos [...]

‘Quem manda aqui?’: Paulina Chiziane é mais do que uma mulher negra escritora de Moçambique

jul 14, 2016 @ 19:46|imprensa, notícia|

Paulina Chiziane é mais do que uma mulher negra escritora de Moçambique. Quero assim sem vírgulas na descrição de quem quer que ela seja. Não cabe isso de identidades do mundo - ela é Pauline Chiziane, a primeira contadora de história com direito à livro com assinatura própria em Moçambique. Ela também já renunciou aos variados títulos que lhe concederam: feminista tradicionalista espiritista romancista. Recentemente, anunciou: "Não volto a escrever. Basta!". Se fosse branca ou homem, diz ela, "diriam que Paulina é uma grande antropóloga".

Quase da família,

jun 7, 2016 @ 15:35|imprensa, notícia|

No Country Clube do Rio de Janeiro, babás não podem frequentar o banheiro feminino. Se não sabem ou esquecem disso, uma placa na porta avisa que elas devem usar o sanitário reservado às crianças. Se ainda assim estiverem no banheiro das madames, podem ser convidadas a sair, como aconteceu com a babá que dava banho em três crianças filhas de um sócio do clube. Acionado a partir da divulgação do caso por um jornal, o Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro investigará práticas discriminatórias no clube.

Xuxa e os meninos no sinal

mar 20, 2016 @ 17:47|Vozes|

“Você conhece o ECA [Estatuto da Criança e do Adolescente], Xuxa?” Essa foi uma das perguntas que a apresentadora de televisão recebeu ao postar uma foto em que está no banco de motorista de um carro, ao lado de três meninos negros com bolinhas que sugerem que faziam malabarismo em um semáforo.

Bullying nas escolas

fev 14, 2016 @ 18:32|Vozes|

Acaba de começar a valer a Lei 13.185/2015, que criou o programa de combate ao bullying, traduzido para o português como intimidação sistemática. Diz a lei que a prática pode envolver agressões físicas, xingamentos, ameaças, isolamento, chacota e até assédio sexual. Talvez por isso usemos a palavra em inglês: para distrair o espanto de saber que pode haver tanta violência entre crianças e adolescentes no espaço escolar, que deveria ser seguro.

Bebê índio morto

jan 15, 2016 @ 19:47|Vozes|

Em 30 de dezembro de 2015, Vitor Pinto, um bebê indígena Kaingang de 2 anos, foi assassinado por um homem branco enquanto comia no colo da mãe, Sônia. Mãe e bebê aguardavam na rodoviária de Imbituba, em Santa Catarina, enquanto o pai, Arcelino, a irmã Elionai e o irmão Jessé trabalhavam vendendo artesanato para turistas.

Ódio nas redes sociais

nov 17, 2015 @ 17:18|Vozes|

A página “Orgulho de ser Hétero” foi desativada do Facebook depois de denúncias por conteúdo ofensivo. Páginas feministas caíram em seguida, diz-se até que em retaliação. A atriz Taís Araújo sofreu ataques racistas na mesma rede social e acionou a polícia. A blogueira feminista Lola Aronovich foi alvo de uma grosseira campanha de difamação liderada por quem tem tempo de sobra e argumentos de menos para debater com ela.