Estupro coletivo: Homens, unam-se à luta!

jan 24, 2017 @ 14:57|artigo, imprensa, notícia|

por Débora Diniz Publicado originalmente em HUFFPOST BRASIL Um crime horrível ocorreu em Brasília. Um bando de adolescentes e um jovem adulto estupraram uma menina de 11 anos. Filmaram o horror como se fosse um espetáculo. Se filmaram é porque há audiência - gente que precisa ver para crer que há barbárie contra mulheres e meninas. [...]

Americanas vão às ruas sábado contra Trump e pelo aborto

jan 24, 2017 @ 14:43|imprensa, notícia|

Mulheres se preparam para marchar nos Estados Unidos. O principal temor é a perda de direitos já conquistados por Débora Diniz Publicado originalmente em AzMina Um milhão de mulheres marchará rumo a Washington no dia 21 de janeiro, dia seguinte da posse do novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A marcha não é para celebrar, mas de [...]

Falar de gênero nas escolas é necessidade de sobrevivência para meninas

jan 17, 2017 @ 11:11|artigo, imprensa, notícia|

por Sinara Gumieri Publicado originalmente em Carta Capital Em 10 de janeiro de 2017, uma menina de 11 anos do Recanto das Emas – DF foi estuprada por cinco homens: quatro adolescentes com idades entre 13 e 17 anos e um adulto de 20. A violência brutal foi filmada em um celular. O enredo desse crime [...]

Estupro coletivo compartilhado: a união do machismo com a busca por likes

jan 14, 2017 @ 11:31|artigo, imprensa, notícia|

Para especialistas, estupros coletivos seguidos da divulgação da cena, como o que vitimou menina de 11 anos em Recanto das Emas, é resultado da combinação de uma cultura machista com o desejo de ser popular na internet por Rebeca Oliveira Publicado originalmente no Correio Braziliense O estupro coletivo de uma menina de 11 anos por um [...]

Carta a um professor

out 25, 2016 @ 15:52|artigo, imprensa, notícia|

Peço que outros docentes ouçam a gravação de seus impropérios em sala de aula, para que avaliem o impacto de suas palavras para jovens estudantes por Debora Diniz Publicado originalmente na Carta Capital "Aquela vagabunda, entendeu? Defensora de aborto, de gênero. Vagabunda. Mande pra ela me processar, que eu provo que ela é". A fala é [...]

Ele é ela; ou não será ninguém

ago 5, 2016 @ 17:55|imprensa, notícia|

"Neon Cunha recebeu o registro de nascimento como sendo um menino. Seu nome foi Neumir, os pais eram migrantes do interior de Minas Gerais." Continue lendo o artigo desta semana de Debora Diniz para o HuffPost Brasil.

Download de nossos infográficos sobre gênero

ago 3, 2016 @ 17:30|Uncategorized|

Os seis arquivos dos infográficos em alta resolução estão disponíveis para download, para quem se interessar e quiser usar de maneira que irá propagar a nossa proposta de fomentar o diálogo sobre o tema. As ilustrações são protegidas por licença CC: não podem ser alteradas nem usadas para fins comerciais.

Gênero fala de todo mundo

jul 27, 2016 @ 20:07|imprensa, notícia|

Em meio a discussões sobre programa Escola Sem Partido, cresce também a tentativa de colocar o debate sobre gênero no fundo de uma gaveta e trancá-lo a sete chaves. Exatamente para tirar ele dessas profundezas e mostrar que gênero não é algo associado apenas à comunidade LBGT, mas a todos nós, foi que a Anis – Instituto Bioética lançou a semana especial “Gênero fala de todo mundo”.

Ainda precisamos falar sobre gênero

jul 22, 2016 @ 17:40|imprensa, notícia|

“Eu não entendo por que as mulheres ou as pessoas LGBT dizem que têm que lutar por direitos. Talvez isso fosse necessário há alguns anos, mas não hoje. Direitos iguais já existem, o que querem é privilégios”. Essa frase é hipotética, mas não é irreal. É em termos parecidos que muitas pessoas reagem hoje às demandas do feminismo ou de quem diz que é preciso falar sobre gênero. É mesmo verdade que já tivemos avanços no tempo: há 80 anos, nós mulheres não podíamos participar da política institucional, porque não podíamos votar ou ser votadas. Antes de 1962, não havia isso de igualdade entre homens e mulheres no Código Civil, e mulheres casadas precisavam de autorização expressa dos maridos para trabalhar. "

Por que falar de gênero nas escolas?

jul 22, 2016 @ 13:17|imprensa, notícia|

O debate sobre a importância da discussão de gênero nas escolas já é figurinha repetida em nossa página do Facebook. E não nos cansaremos de repetir: falar de gênero na escola é exercitar a cidadania para o reconhecimento da igualdade entre homens e mulheres. Acreditamos que pouco importa se nascemos em um corpo sexado fêmea ou macho: temos o direito de habitar nossos corpos como desejarmos sem medo de violência e discriminação.