Somos o país mais perigoso para ativistas ambientais

jun 28, 2016 @ 18:54|imprensa, notícia|

A organização não governamental Global Witness acaba de conceder ao Brasil um título trágico: somos o país mais perigoso para ativistas ambientais. Apenas em 2015, 50 defensores da terra e do meio ambiente foram mortos por aqui. As Filipinas vieram em segundo lugar no ranking, com 33 assassinatos no ano passado. Os enredos mais frequentes dos casos brasileiros registrados são de comunidades rurais da Amazônia resistentes ao desmatamento e outros interesses de latifundiários, e o massacre de povos indígenas cujas terras não demarcadas são predadas pelo agronegócio.

Servidores públicos no Pays de Cocagne

jun 27, 2016 @ 18:44|imprensa, notícia|

Em meio a uma crise financeira jamais vista no País, o recente pacote de medidas aprovado pela Câmara dos Deputados - com um custo acumulado de R$ 67,7 bilhões até 2018 -, que, se prosperar no Senado, beneficiará servidores com reajustes de vencimentos de diversas carreiras, a começar pela nata do Judiciário federal, provocando um efeito cascata em toda a magistratura, é um exemplo de que o Brasil oficial é um Pays de Cocagne, criação do imaginário do povo francês, onde tudo existe para satisfazer todas as necessidades e todos os prazeres de seus habitantes, que serviu de tema para uma frase famosa de Boileau - um sátiro e polemista do século XVII.

Não há como resolver a fissura da droga pela abstinência mágica

jun 23, 2016 @ 18:28|imprensa, notícia|

Em 2015, passei algumas semanas na Cracolândia de São Paulo. O nome é curioso, pois emprega o sufixo de cidades - seria isso mesmo, um território para as pessoas que se juntam porque usam crack. Ali viveriam os crackeiros e, segundo o mapa do Google, o epicentro da Cracolândia se chama Zumbilândia. São os zumbis ou os noiados, o povo da maior cracolândia da América Latina. Nos dias que permaneci por ali, conheci Brenda, uma travesti da rua, agora governanta de um hotel social; conheci um português que veio para a Copa do Mundo e perdeu-se na vida. Há gente diferente, é verdade, mas as pessoas que formam a multidão são parecidas entre si: gente pobre sobrevivente de manicômio ou presídio, povo da rua há tempo largo.

Hello world!

jun 21, 2016 @ 21:10|Uncategorized|

Welcome to WordPress. This is your first post. Edit or delete it, then start writing!

Se houve ou não terror em Orlando, não podemos esquecer do horror homofóbico

jun 21, 2016 @ 18:21|imprensa, notícia|

Notícias têm um roteiro de perguntas a responder: o que, quando, onde, quem, como. Ao longo de um domingo de tragédia, as respostas foram se desenrolando: em uma madrugada de festa latina, um atirador invadiu uma casa noturna dedicada a pessoas LGBT em Orlando, Flórida. O homem abriu fogo contra a multidão que se divertia: matou 49 pessoas, feriu outras 53. Foi morto em confronto com a polícia depois de manter pessoas reféns dentro da boate por algumas horas.

Hospitais barram aborto até em casos previstos por lei

jun 21, 2016 @ 18:06|imprensa, notícia|

São Paulo – Há 76 anos (isso mesmo, setenta e seis), o aborto em casos de estupro é autorizado por lei no Brasil – mas até hoje sobram dúvidas e barreiras para mulheres que precisam se valer desse procedimento. A legislação brasileira permite a interrupção da gravidez em 3 situações: se a mulher foi vítima de estupro, em caso de anencefalia ou quando a mãe corre risco de morte.

Desigualdade piorou com desemprego alto, diz estudo da USP

jun 20, 2016 @ 17:59|imprensa, notícia|

Resultado: no espaço de 2 anos, entre o 1º trimestre de 2014 e o 1º trimestre de 2016, a taxa de desemprego aumentou de 7,1% para 10,9%, a renda média real por pessoa economicamente ativa caiu 7,5% e a renda mediana caiu 16%. A proporção de pessoas com renda de até R$ 600,00 aumentou de 22,5% para 26,3% e o índice de Gini, que mede a desigualdade, subiu 3,5% interrompendo uma tendência de queda que vinha desde 1995.

Gays querem (e devem) doar sangue

jun 17, 2016 @ 17:49|imprensa, notícia|

Esse é daqueles temas que se fizéssemos uma pesquisa populacional - "você é contra ou a favor de um homem homossexual doar sangue?" - encontraríamos uma avassaladora maioria dizendo "contra, homossexuais não devem doar sangue". O que moveria essas pessoas? Medo e falta de informação; ou, se posso ser mais rude nas palavras, discriminação e ignorância.

Condições para um debate

jun 16, 2016 @ 17:43|imprensa, notícia|

Embora a epidemia da zika afete muitos países da África e outros da América do Sul e Central, foi no Brasil que se estabeleceu a primeira correlação entre a infecção e a microcefalia. Em novembro de 2015, a Fundação Oswaldo Cruz notificou a presença do genoma do vírus zika em amostras de líquido amniótico de duas gestantes da cidade de Campina Grande, estado da Paraíba, em cujos fetos houve confirmação de microcefalia por meio de exame ultrassonográfico, após a suspeita ser levantada pela médica Adriana Mello, especialista em saúde fetal de uma maternidade daquele município. A partir daquele momento, porém, o governo brasileiro adotou postura diferente de países como Colômbia e El Salvador, preferindo não recomendar às mulheres que evitassem engravidar, em um contexto onde ainda não se havia comprovado o nexo entre a infecção por zika e os casos de microcefalia.

O que sabemos sobre Ítalo?

jun 14, 2016 @ 17:37|imprensa, notícia|

Ítalo Ferreira de Jesus Siqueira, de 10 anos, morreu após ser baleado na cabeça por policiais militares em um bairro rico de São Paulo. Junto com outra criança, de 11 anos, ele foi perseguido pela polícia após furtar um carro. Ítalo dirigiu 300 metros, bateu em outros veículos, foi cercado por policiais em carros e motos, houve tiros, e o menino morreu dentro do carro. A PM de São Paulo é matadora.